Fisioterapia para entorse de tornozelo

Recuperação ou Fisioterapia para entorse de tornozelo

Cada lesão de ligamento precisa de uma reabilitação específica. Caso contrário, o tornozelo torcido pode não se curar completamente e você pode lesioná-lo novamente.

Fisioterapia para entorse de tornozelo 1

Toda entorse de tornozelo, de leve à grave, requer 3 fases de recuperação:

  1. Fase I – inclui descansar, proteger e reduzir o inchaço do tornozelo machucado.
  2. Fase II – inclui restaurar a flexibilidade, amplitude de movimento e força do seu tornozelo.
  3. A Fase III – inclui o retorno gradual à atividade direta com exercícios de manutenção, seguidos mais tarde por esportes mais intensos como tênis, basquete ou futebol.

Uma vez que você possa apoiar-se em seu tornozelo novamente, seu fisioterapeuta irá prescrever rotinas de exercícios para fortalecer os músculos e ligamentos e aumentar a sua flexibilidade, equilíbrio e coordenação. Mais tarde, você poderá voltar a andar e até correr com uma tornozeleira. Exercícios específicos sobre superfícies instáveis como os discos de equilíbrio trabalha a força e a propriocepção, sendo importantes aliados no fortalecimento e prevenção de novas lesões.

Fisioterapia para entorse de tornozelo 2

É importante concluir o programa de reabilitação e fisioterapia do tornozelo, por que isso irá tornar menos provável que você machuque o mesmo tornozelo novamente. Se você não completar a fisioterapia, pode sofrer dor crônica, instabilidade e até artrose no tornozelo.

Dicas para não sofrer nova entorse de tornozelo

Se o seu tornozelo ainda doer isso pode significar que o ligamento lesionado não cicatrizou direito, ou que alguma outra lesão também aconteceu.

Para evitar uma nova entorse de tornozelo preste atenção aos sinais de alerta do seu corpo. Diminua a velocidade sempre que sentir dor ou fadiga, realize aquecimentos antes de qualquer exercício, aumente o nível de esforços gradualmente e permaneça em forma para emprestar bom equilíbrio muscular, flexibilidade e força aos seus tecidos moles.

Tempo de Recuperação

No que diz respeito ao retorno aos esportes, entorses grau l tipicamente demoram de 2 a 4 semanas ou mais para recuperar a mobilidade total e para o inchaço para resolver completamente. Enquanto que as entorses de grau II, sendo um pouco mais graves, levam mais tempo, tipicamente de 6 a 8 semanas.

Para um grau de entorse III ou torções de tempo de recuperação depende de vários fatores. Alguns fisioterapeutas e médicos ortopédicos podem determinar que a imobilização precoce em uma bota de caminhar é necessária para permitir que os ligamentos tempo para curar em tipo II e III entorses.

No caso de haver uma ruptura completa ou fratura de avulsão (Fratura de Avulsão: O músculo ou o ligamento, que se insere no osso, arranca um pedaço dele, afastando esta porção do restante do osso), é possível que a cirurgia seja necessária para reconstruir os ligamentos. Nos casos em que a cirurgia é necessária, o paciente ficará em processo de reabilitação por pelo menos 12 semanas a 6 meses até retornar a maioria dos esportes que exigem dessa articulação.

Siga sempre o conselho de seu ortopedista e fisioterapeuta, nunca adiante o prazo de retorno às atividades mais rapidamente do que o recomendado.

Agende um tratamento fisioterápico >

TEM ALGUMA DÚVIDA? Então deixe uma pergunta nos comentários abaixo, que será respondida.

Compartilhe essa informação!
Fisioterapia Brasília DF
Fisioterapia Brasília DF

Clínica Salus Trata e Consolidação Ortopedia, Fisioterapia e Acupuntura em Brasília / DF. Tratamentos fisioterápicos completos, com reeducação postural global e Pilates. Possuímos protocolos exclusivos para afecções do joelho e quadril, baseados na análise do movimento e dinamometria. Tratamentos com ortotripsia, procedimentos de infiltração, viscossuplementação com ácido hialurônico e bloqueios para tratamento da dor guiados por ultrassom.

No Comments

Escreva uma Mensagem ou Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *